Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Como?!

Naquele dia enquanto caminhava por entre os mares de prédios me senti perdida em um mundo que não era o meu. As pessoas passavam por mim com toda aquela pressa e com toda aquela arrogância que antes, quando não eram importantes ou não tinham dinheiro, não estava presente em suas almas. Andavam como se nada fosse mais importante para eles do que chegar no seu trabalho ou falar com o seu chefe no celular.

O céu estava azul acima de nós, um azul intenso... quase sem nuvens, o sol brilhava de uma maneira como se quisesse chamar a atenção dessas pessoas apressadas abaixo dele... mas elas nem sequer olhavam para o lado.

E ali no meio daquela multidão que me ignorava... eu me senti só... tentei encontrar um olhar significativo... mas foi sem sucesso. Era como se eu fosse apenas mais um poste no meio da calçada ou algo parecido.

E vendo isso eu me perguntei: Como alguém pode passar pela vida com pressa?! Como alguém pode não notar o sol chamando-o?! Como alguém pode ficar tão ignorante a ponto de não apreciar o céu, o sol, as nuvens, o seu semelhante?! Como alguém vive sem viver de verdade?! Como?!

"Embora quem quase morre ainda vive, quem quase vive já morreu!"

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Tem que ser você...

Um dia seus pés vão me levar
Onde as minhas mãos não podem chegar
Leva-me onde você for
Estarei muito só sem o seu Amor
Agora é a hora de dizer
Que hoje eu te Amo
Não vou negar
Que outra pessoa não servirá
Tem que ser você
Sem por que, sem pra que
Tem que ser você
Sem ser necessário entender