Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Não somos iguais

Eu vou começar, começar tudo de novo
Voltar pro boteco e cantar tudo de novo
Porque eu sou muito nova, e com cara de nova
Porque eu não tenho medo de começar de novo
Nos últimos tempos, eu tenho sido boba
Eu me esqueci como era bom eu parecer uma boba
E agora eu vou ser a pessoa mais feliz do mundo
Mas não vou me esquecer de quem eu fui quando era nova

Se a nossa felicidade incomoda tanto os outros
Vamos incomodar até chamar a atenção de todos
Eu vou beijar a tua boca, sem me preocupar com os outros
Afinal de contas, nós não somos iguais
Não somos iguais
Não somos iguais aos outros
Não somos iguais

Eu vou falar de amor como eu falava antes
De um jeito simples, que antes parecia louco
De uma loucura muito boa, das coisas que eu sentia antes
Antes que eles dissessem que eu estava ficando louca
É, eu sou assim, uma pessoa meio tonta
Eu fico tonta só de ver que alguém já está ficando tonto
E tento ajudar a todos os que ficam tontos
E assim quem faz papel de tonto sou eu mesmo

Se a nossa felicidade incomoda tanto os outros
Vamos incomodar até chamar a atenção de todos
Eu vou beijar a tua boca, sem me preocupar com os outros
Afinal de contas, nós não somos iguais
Não somos iguais
Não somos iguais aos outros
Não somos iguais



Jota Quest

Nenhum comentário: